quarta-feira, 7 de março de 2012

Contraste

E hoje deparei-me com mais uma frase para reflectir:
"O amor é a arte de encontrar no rosto do outro o espelho dos nossos sonhos." (Inês Pedrosa)
Mas,  se esta poderia ser uma definição de amor, como esquecer que haveria sempre outra inerente,  que ocorre quando esse espelho se parte e nos deparamos com "the fatal sound of broken dreams"?
 (Martin Stranka Photography)

Beijos prometidos
D.

10 comentários:

  1. Adorei a frase, aliás o post todo! :D

    ResponderEliminar
  2. Mas é isso o amor,o não ter medo de arriscar,á procura de ser feliz,mesmo quando não se consegue o sonho tão depressa quanto se desejava,por ser tão raro e tão difícil é que quando se atinge,se consegue a felicidade e o prazer único,mesmo que não dure para sempre já é um privilégio senti-lo nem que seja por uma vez na vida.

    beijos meus

    ResponderEliminar
  3. Bom... se o amor é uma arte, então está explicado porque raio não está ao alcance de qualquer um.




    Nem todos somos artistas não é verdade?!

    ResponderEliminar
  4. Além do azar que advem de espelhos partidos...

    ResponderEliminar
  5. Pelo contraste, todo o amor é permitido. Mesmo os mais impossíveis.


    Beijos.Me

    ResponderEliminar
  6. eu já vivi isso no início da relação. hoje o espelho reflete o que eu fantasio.

    ResponderEliminar
  7. nao penses o amor

    vive-o

    Bjinhos
    Paula

    ResponderEliminar
  8. A sério?! Eu adoro bananas :b

    ResponderEliminar

Deixa comigo o teu desejo...
Beijos prometidos

(NOTA: Se não conseguir comentar com facilidade tente clicar com o lado direito do rato em cima do espaço onde deveria comentar e em "este frame" escolher "abrir nova janela" e comentar então. Assim resulta sempre!)