domingo, 7 de setembro de 2008

Saturday night sex...


Gostaste tanto da última “orgia sensorial” que enviaste sms a pedir bis. O que uma moçoila não faz !
Chegaste e voltei a vendar-te os olhos conforme tinhas pedido, enquanto te beijava o pescoço, lambia a pele exposta e enfiava a ponta da língua no teu ouvido sussurrando-te palavras de desejo.
- "Hummmmmmm...Vou-te foder tudo...todinho"

Arrastei-te assim entre beijos, carícias, toques esfomeados, lambidelas e amassos para a casa de banho, onde tinha a banheira cheia de água morna com pétalas de rosa.

Num efeito mágico para os sentidos: a cor e o aroma a incendiar-nos os sentidos:

Visão e olfacto...

Textura, tacto e cor...


Voltei a acender as velas de baunilha, conforme tinhas pedido e comecei a despir-te a farda lentamente, botão a botão...

Cada peça que te tirava, excitava-me os sentidos, a pele nua sob os meus dedos, a minha boca sôfrega a lamber cada pedacinho da pele nua, a mordiscar-te a pele levemente salgada e a degustar-te centímetro a centímetro até atingir a zona dos boxers, enquanto as minhas mãos te acariciam o caralho por cima do tecido, a boca passando determinada pela sua extensão.


O teu caralho vai endurecendo sob os boxers e gemes:

-Tira…

Rio baixinho, pois nem imaginas o que preparei depois de ter recebido o teu pedido! Deslizo com a boca e a língua pelo teu caralho, molhando o tecido que te cobre. Tiro-te totalmente as calças da farda, enquanto te tiro os boxers com os dentes e a boca.

.O teu gosto levemente salgado desperta-me o sentido do gosto, estás tão quente, que se não soubesse o motivo julgava-te febril…

Ajudo-te a entrar para a banheira sem te deixar tirar a venda. Ligo a hidromassagem e digo-te:

- Relaxa! Já venho…

Vou buscar o teu pedido alimentar, que tinha guardado previamente em taças a fim de ter tudo preparado. Abro a s garrafas de champagne e de vinho tinto que tinhas solicitado e coloco tudo num grande tabuleiro, que levo para a casa de banho. Ergues a cabeça curioso quando me ouves chegar, mas a venda impede-te usar o sentido da visão…restando-te usar a imaginação. Coloco tudo à mão numa mesinha de apoio.

Dispo peça por peça ao som da chuva que cai lá fora, despertando-te os sentidos a cada som de roupa que cai no chão, e entro na água borbulhante, sentando-me à tua frente. Inclino-me e beijo-te os lábios, desenhando-os com a ponta da minha língua húmida.

Passo as mãos pelos teus ombros molhados, massajando-te os ombros tensos, até te alcançar os mamilos, que acaricio com volúpia. Sorrindo ao ver a tua pele arrepiada com a urgência do meu toque. Lá fora a chuva de Verão continua a cair, numa música ancestral que me incentiva a começar o jogo que preparei. Viro-me para o tabuleiro, pego numa cereja, mergulho-a numa das taças e levo-te a fruta aos lábios.

Provas e dizes:

- Cereja com…gelado de nata…

Rio, digo-te:

- Acertaste!

Beijo-te os lábios doces e repito a operação com outra fruta.

Degustas, sorris e dizes:

- Champagne e uva…

Pego numa taça e dou-te o liquido borbulhante a beber, fazendo o mesmo.

Uma gota corre-te pelos lábios até te alcançar o queixo, onde a sorvo deleitada.

Molho dois dedos numa outra taça e faço-tos chupar, enquanto um arrepio me trespassa.

Sussurras:

- Hummmmmmmmmmm Jameson….

E continuas a chupar-me os dedos até não aguentar mais e substituir os dedos pela minha língua, que se entrelaça na tua.

Páro e despejo parte do liquido de outra taça sobre os teus lábios, de forma a escorrer-te pelo queixo e peito, pintando de bordeaux a tua pele…

Passas a língua pelos lábios e…aprisiono-te a língua com a minha…gemes, dizendo:

- O meu vinho tinto preferido…

Pego num morango, passo-o por vinho do porto, coloco-o entre os dentes e dou-to a comer, enquanto te oiço gemer de prazer.

Mergulho os dedos na última taça, onde se encontra o teu último pedido e passo-os pelas minhas mamas num arrepio face à frieza do gelado na minha pele escaldante...Os bicos das mamas ficam imediatamente tesos e durinhos...

Encosto-te as mamas à boca e a tua língua imediatamente me lambe a pele até não restar resquício de doce na minha epiderme.

Sussurras:

- Delícia..compraste-me o gelado de chocolate, apesar de não gostares.

Rio mais uma vez e volto a encher-te a taça de champagne e dou-ta a beber, enquanto te peço para subires para a plataforma da banheira. Volto a dar-te um morango que passo pelos teus lábios entreabertos, molhados pelo champagne.

Pego na taça de vinho e despejo-ta sobre o peito sorvendo-te o néctar directamente da tua pele quente. Beijo-te o tórax , a barriga, pego no gelado de nata e besunto-te o peito com o creme gelado, arrepiando-te a pele, lambo-te cada pedacinho de pele. Gememos em uníssono.

Alcanço-te a linha da cintura e desenho-ta com a ponta da língua, o teu caralho endurece ainda mais. Passo com a língua pela sua extensão e continuo o trajecto pelas tuas pernas húmidas, até te alcançar os pés. Pego no esquerdo e começo a lamber dedo por dedo, chupando-os com volúpia e prazer. Esfrego o teu pé na minha cona quente, ansiosa por te sentir.

Sentes os meus líquidos vaginais a escorrerem pelo teu pé. Começas a esfregar-me o grelo, com o dedo grande do pé, sentindo-o duro de tesão. Continuo a segurar-te o pé, baixando-me para to lamber e chupar, enquanto te vou batendo uma punheta nesse caralho delicioso. O teu caralho bem duro “pede-me” que o chupe e não me faço de rogada, afinal adoro chupar-te e tu sabes disso.

Abocanho-te, sentindo o teu caralho tocar-me a garganta sequiosa. Chupo-to sofregamente, enquanto me vais esfregando a cona molhada com o pé.

Saímos da banheira e vamos para o quarto.

Deito-te na cama e vou-te secando a pele com a toalha de banho e a boca, até te ter provado todo, os nossos gemidos acariciam-nos os sentidos. A tua boca sorve-me os seios, os bicos das mamas duros sob os teus dentes, arrepias-me até gemer incontrolavelmente.

Peço-te:

- Fode-me, não aguento mais.

Sinto as tuas mãos descerem por mim, até me alcançarem a cona, os teus dedos mergulham em mim, como gosto, esfregando-me o ponto, em que me derreto de encontro aos teus dedos, num orgasmo que te molha os dedos. Sorris e levas os teus dedos à minha boca, para que sinta o meu próprio sabor, enquanto entras dentro de mim, fazendo-me voltar à loucura de há momentos.

Com os teus dedos na boca, sorvendo o meu sabor, peço-te:

. Vem-te na minha boca, quero sentir o teu leitinho quente.

Aumentas o ritmo e tenho outro orgasmo, que te faz gemer e tirar o caralho duro da minha cona, enfiando-mo na boca.

Dizes:

- Hummmmmmmmmmm...que delicía!

Não aguento muito mais!


Excitadíssima chupo-te sofregamente, o som dos meus lábios e da minha boca a sugar-te, incendeia o ambiente. Gemes alto e preparo-me para receber o teu leitinho.

Gemes abandonado à volúpia da minha boca gulosa e descarregas o teu néctar na minha boca em golfadas quentes.

Delicio-me, chupando-te até à última gota.

Beijas-me a boca e abraças-me, enquanto me deito no calor do teu abraço.




Beijos prometidos


28 comentários:

  1. Eh la', ta' quente isto hoje :D
    Excelente texto, parabens.
    Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  2. Feelings en blue
    Obrigada, ternurinha!
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  3. Bemmmm... com um texto destes, agora como é que me vou concentrar no trabalho????

    ResponderEliminar
  4. Red Angel
    Minha doçura, na tua mente ninguém manda ;)))
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  5. ELAH!

    Oh mulher que coisa boa..;P

    Linda discrição com boas fotos.;)

    Beijoooo ternurento

    ResponderEliminar
  6. Vitinha
    Obrigada! és uma ternura deliciosa!
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  7. bom texto dificil acabar de ler com estas fotos...beijo quente


    TS

    ResponderEliminar
  8. Anónimo
    Obrigada!
    Não gostaste das fotos?
    Bjs prometidos

    ResponderEliminar
  9. gostei claro quis dizer dificil devido á excitição...


    TS

    ResponderEliminar
  10. Anónimo2
    Ahhhhhhhhhhh! Fiquei mais feliz assim!
    Bjs prometidos

    ResponderEliminar
  11. POIS ACREDITO MAS EU FIQUEI SEM SABER O QUE FAZER...BEIJO ONDE QUISERES E JA AGORA DIZ-ME ONDE É?...


    TS

    ResponderEliminar
  12. Anónimo3
    No pescocito! Uiiiiiiiiiiii derreto-me!
    Bjs prometidos

    ResponderEliminar
  13. Anónimo4
    So...do I...
    Bjs prometidos

    ResponderEliminar
  14. tens a certeza que não preferes um bem metido noutro sitio...beijo doce


    TS

    ResponderEliminar
  15. anónimo5
    Tb gosto...
    Bjs prometidos

    ResponderEliminar
  16. não aguento mais..eu adoro uns labios bem grossos e um cli....humido...não me queres ajudar?


    TS

    ResponderEliminar
  17. MUITO interessante essa sua forma de postar intercalando o texto com imagem...me lembrou essas pequenas revistas eróticas que a gente compra em bancas....

    O texto dá tesão e as fotos aumentam o desejo......

    BOM, assim.....MUITO bom!!!

    ResponderEliminar
  18. anónimo6
    Um mocinho como tu não precisa de ajuda ;)
    Bjs prometidos

    ResponderEliminar
  19. atre
    Muito bem-vindo!
    E muito obrigadaaaaaaaaaaaa!
    A ideia é transmitir o que vivi ;)
    Bjs prometidos

    ResponderEliminar
  20. Renato Oliveira09/09/2008, 00:22:00

    Desire,

    É de perder a respiração! Nem dá para comentar tal é o calor e o erotismo.

    Excelente, parabéns mulher!

    Beijo,

    Renato

    ResponderEliminar
  21. NOssa muito bom isso viu,altamente enlouquecedor,excitante,envolvente,
    tesão total,muito bom mesmo,

    Bjs.

    Jade.

    ResponderEliminar
  22. Renato
    Ainda bem que gostaste ;)
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  23. Jade
    Que comentário gostoso! Obrigada!
    És um doce!
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  24. Esta minha mente é mesmo perversa!

    ResponderEliminar
  25. Lovely Miss D
    O dono?
    Não mordi...sorry
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  26. lovely miss D
    Adoro mentes perversas ;)
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar

Deixa comigo o teu desejo...
Beijos prometidos

(NOTA: Se não conseguir comentar com facilidade tente clicar com o lado direito do rato em cima do espaço onde deveria comentar e em "este frame" escolher "abrir nova janela" e comentar então. Assim resulta sempre!)